Viúva de Gugu foi induzida a assinar documentos durante enterro.




Menos de um mês após a morte de Gugu Liberato, a família e a viúva do apresentador começaram a travar uma disputa judicial pela herança estimada em R$ 170 milhões. Nesta sexta-feira (20/12/2019), o advogado da médica Rose Miriam Souza di Matteo, Nelson Willians, se pronunciou sobre um comunicado enviado à imprensa por Aparecida Liberato, irmã de Gugu.

Na nota, Aparecida acusa “advogados mal-intencionados” de assediarem Rose e colocarem a mãe em disputa contra os próprios filhos. Rose entrou na justiça para poder requerer o reconhecimento de sua união estável e assim poder ser inclusa no testamento de Gugu.

Segundo Willians, Rose, ainda fragilizada, foi constrangida a assinar documentos durante o enterro do apresentador. O representante afirma também que a família do apresentador tenta manchar a imagem da viúva. Confira a nota:

“Não é verdade que Rose Miriam Souza di Matteo veio ao Brasil sem o conhecimento filhos. Isso é somente para denegrir a imagem da viúva perante opinião publica. Uma pessoa que se encontra fragilizada por tudo que aconteceu nas últimas semanas. Vale lembrar que seu marido e companheiro de quase duas décadas praticamente morreu em seus braços e na frente dos filhos. Rose foi assediada e constrangida ainda no dia do enterro de Gugu. Seu luto não foi respeitado. Poucas horas após o enterro ela foi constrangida a assinar documentos pelo advogado da família de Gugu. No dia 18 deste mês, ela registrou um Boletim de Ocorrência contra o advogado Carlos Regina, advogado da família do Gugu”, informou o advogado.

O advogado considera que a chance de que a relação de Rose com Gugu seja reconhecida como união estável é praticamente certa. Ele conta que a médica tem o desejo de doar a sua parte na herança para os filhos.

“Rose tem o apoio de sua família para ser reconhecida como esposa e companheira de Gugu. Os irmãos de Gugu tentam induzir a erro os filhos dizendo que a mãe tirará deles quando, na verdade, aumentará. Rose quer ser reconhecida por sua união estável, que é a realidade e a verdade. Com Gugu vivo, ela era a companheira/esposa dele, com Gugu falecido, é a viúva e herdeira, e, agora, os irmãos dele e os sobrinhos querem lhe negar isso”, conclui.


  • Voltar as noticias da rádio! -