Corpo do músico Bira será cremado em cemitério de São Paulo.




Ovelório do músico Bira, baixista que trabalhava no programa de Jô Soares, está sendo realizado no cemitério do Morumbi, em São Paulo. A despedida começou às 17h e a previsão é que o corpo seja transportado para o cemitério da Vila Alpina, na zona leste da capital, às 22h, onde será cremado.

Bira faleceu aos 85 anos na manhã deste domingo (22/12/2019) em consequência de um AVC. O bom humor do músico baiano foi lembrado por famosos durante o dia de hoje.

O apresentador Serginho Groismann escreveu: “Sempre bem-humorado adorava conversar sobre música e sobre o Corinthians também sua paixão. Ótimo instrumentista era uma companhia alegre nos corredores por onde trabalho”.

O músico Nando Reis lembrou a risada de Bira, que era uma espécie de marca registrada: “Sua alegria contagiante era fundamental para quebrar o nervosismo que sempre toma conta de mim quando tenho que fazer televisão. Sua risada inconfundível era uma marca do programa”.

O ator Lúcio Mauro Filho, que perdeu o pai neste ano, também dedicou palavras para o amigo: “Ah 2019, chega! O ano que não termina nunca leva embora mais uma figura muito querida, Ubirajara Penacho dos Reis, o Bira. Sempre me recebeu com muito carinho, desde a primeira vez que fui ao Jô Onze e Meia, ainda no SBT. Meus sentimentos e carinho à toda a família desse cara que vai fazer uma falta danada! Vai em paz Bira e cheio de Grooves!”

Nascido na Bahia, Ubirajara acompanhava Jô Soares desde os tempos que o apresentador tinha programa no SBT


  • Voltar as noticias da rádio! -